Ambev e Budweiser lançam ‘The Energy Collective’,visando levar energia renovável

A Ambev e Budweiser lançaram o programa ‘The Energy Collective’, que tem como objetivo tornar o acesso a energia renovável ao redor de todo o mundo mais fácil e de baixo custo. A Ambev e a Budweiser, em conjunto com a ABInbeV lançaram no mundo inteiro nesta segunda-feira (25).

O ‘The Energy Collective’, uma iniciativa que tem como objetivo levar energia renovável para bares, casas de shows, restaurantes e estádios espalhados ao redor do mundo. Inicialmente o projeto da Ambev e Budweiser tem como alvo o mercado brasileiro, onde a Lemon Energia, startup acelerada há aproximadamente dois anos pela Z-Tech.

Anuncios

O hub de inovação e tecnologia da Ambev, já está realizando um ótimo trabalho ao lado de pequenos e médios empreendedores, tornando a energia renovável mais acessível sem nenhuma obra ou investimento, resultando na diminuição de gastos na conta de luz.

Descontos com uso do ‘The Energy Collective’ da Ambev e Budweiser podem chegar até 20%

Em dois anos, a iniciativa da Lemon já alcançou mais de 2.700 estabelecimentos em quatro estados do país, representando uma economia de mais de R$ 3,7 milhões nos gastos energia elétrica de seus parceiros, composta em sua maior parte por bares e restaurantes. Os descontos para quem se cadastratar no ‘The Energy Collective’ vão até 20%.

Além da economia, os resultados do consumo de energia renovável através dos serviços do hub de inovação e tecnologia da Ambev também são fundamentais para o planeta, tendo em vista que mais de 2 mil toneladas de CO2 deixaram de ser emitidas.

Anuncios

Já a Budweiser, espera que mais de 250 mil empreendimentos façam esta transição para a energia renovável no Brasil até 2025, esse número equivale a cerca de 290 mil toneladas de CO2 deixadas de ser lançadas na atmosfera ou o mesmo trabalho mensal de mais de 4 milhões de árvores plantadas.

‘The Energy Collective’ desenvolvido pela Ambev e Budweiser, promete levar energia renovável aos cadastrados sem nenhum investimento

Além da redução nos valores e nas emissões, a solução do ‘The Energy Collective’ no país também promove a democratização do acesso a energia gerada por fontes renováveis, os clientes do programa da AmBev e Budweiser tiveram acesso a energia renovável produzida localmente, mas permanecem ligados à rede distribuidora.

De acordo com o CEO da Lemon, Rafael Vignoli, energia é essencial, e nada mais justo do que fornecer ao cliente a possibilidade de escolha de uma energia renovável do jeito mais simples digital e econômico possível.

Segundo Vignoli é papel da empresa transformar uma missão em realidade e a parceria entre a Ambev e a Budweiser consolida ainda mais esse compromisso.

O projeto também significa um grande passo rumo à sustentabilidade da Ambev, que no último ano revelou seu plano de zerar as emissões líquidas próprias e de terceiros em sua cadeia de valor até 2040.

Um pouco mais sobre os projetos de sustentabilidade da Ambev e Budweiser

Tendo a sustentabilidade como mercado, a Ambev atua com foco no conceito ESG, que se trata de uma visão estratégica e multi stakeholder de longo prazo alinhado ao impacto socioambiental transformador e positivo, considerando o cuidado com as pessoas e as comunidades e a preservação de recursos naturais de onde atua.

Com seu empenho na construção de um mundo melhor, a empresa faz parte do grupo de empresas que integram a Rede Brasil do Pacto Global das Nações Unidas (ONU). A iniciativa reúne empresas que em parceria com a comunidade internacional, estão com disponibilidade em atuar juntas para gerenciar negócios de forma mais sustentável.

 

Veja mais artigos como esse sobre Saque seu Fgts: