Aneel aprova reajustes de até 25% na conta de energia

Aneel aprova reajustes de até 25% na conta de energia elétrica em oito estados

Tomar contenção em 2020 e 2021 devido ao impacto econômico da pandemia de Covid-19 e a escassez de água representa cerca de 50% dos reajustes nas contas de energia elétrica recentemente aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para oito estados. Os reajustes variam de 15% a 25%.

Anuncios

O cálculo foi apresentado nesta quinta-feira (12) pelo presidente da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee), Marcos Madureira, em debate na Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados. A reunião discutiu o reajuste das contas dos consumidores cearenses, em vigor desde abril.

R$ 28,34 bilhões não foram repassados ​​às contas de energia

Basicamente, todos os reajustes que teremos em 2022 são custos que vêm de anos anteriores, disse Madureira. A Abradee estima que R$ 28,34 bilhões não foram repassados ​​às contas de energia elétrica no Brasil em 2020 e 2021.

Durante o debate, Davi Antunes Lima, superintendente de Administração de Tarifas da Aneel, explicou no caso da Enel Distribuidora Ceará, o reajuste de 24,85% nas tarifas incluiu 11,42 pontos percentuais retidos no passado por dificuldades financeiras das famílias e falta de chuva nos reservatórios.

Anuncios

Medidas tomadas

Lima disse que medidas semelhantes foram tomadas em vários estados para mitigar o aumento nas contas de serviços públicos. Ele ressaltou que se o governo cearense decidir reduzir temporariamente o ICMS nas contas de serviços públicos e manter o mesmo valor em 2021, haveria um desconto de 5% para o consumidor.

A Câmara já aprovou com urgência o projeto de Decreto Legislativo (PDL) 94/22 do Deputado Domingos Neto (PSD-CE), que suspende a aprovação da Aneel para a Reorganização Elétrica do Ceará. Outra proposta (PDL 123/22) do deputado Danilo Cabral (PSB-PE) visa evitar o aumento de 18,98% em Pernambuco.

Aneel aprova reajustes
Aneel aprova reajustes
fonte google

Ideia é aumentar os reajustes em vários estados

Segundo Domingos Neto, a ideia é aumentar os reajustes em vários estados para parar e zerar o jogo para abrir espaço para soluções. Houve adaptações abusivas, 20% em Alagoas; 21% na Bahia; 17% no Mato Grosso do Sul; e 20% no Rio Grande do Norte, comentou. E já estou alertando os mineradores: haverá um aumento no dia 22 de maio, disse.

 

Veja mais artigos como esse sobre Aneel aprova reajustes

You May Also Like