Novo petróleo do pré-sal abre horizontes. Petrobras ira contratar 15 navios. confira!

Novo petróleo do pré-sal abre horizontes para Brasil e Petrobras contratarem 15 navios-plataforma do tipo FPSO para explorar águas profundas e ultraprofundas

A Petrobras é a operadora líder mundial de FPSO e a empresa que instalará o maior número de plataformas desse tipo nos próximos cinco anos; Unidades serão instaladas no pré-sal e pós-sal.

Anuncios

Novo petróleo do pré-sal abre horizontes

A Petrobras atualizou o mercado sobre o fato relevante de que as recentes descobertas de petróleo no pré-sal nas áreas Central e Aram do Alto de Cabo Frio abrem um horizonte de novas oportunidades de exploração para o Brasil.

As descobertas são resultado da intensificação dos esforços exploratórios da petrolífera brasileira, que planeja investir US$ 5,5 bilhões no segmento nos próximos cinco anos.

Novo petróleo do pré-sal abre horizontes

A afirmação foi feita pelo Gerente Executivo de Estratégia da Petrobras, Eduardo Bordieri, que falou durante o Café da Manhã Offshore Anual da Câmara de Comércio Brasil-Texas (Bratecc) no dia 4 de maio.

apresentou simultaneamente o painel de discussão Perspectivas da Petrobras sobre a Dupla Resiliência de Petróleo e Gás no evento Offshore Technology Conference (OTC) em Houston (EUA).

Anuncios

Novo petróleo do pré-sal abre horizontes

Do total de investimentos que o Plano Estratégico da Petrobras prevê em novos prospectos, a Bacia do sudeste (incluindo prospecto do pré-sal) preservou 58%. de recursos; a orla equatorial 38% e as demais áreas 2%.

Todos os investimentos da Petrobras visam dupla resiliência: tanto econômica (considerando projetos financeiramente viáveis ​​com Brent com preço de US$ 35 no longo prazo) quanto ambiental (projetos de baixo carbono), resumiu Bordieri.

Novo petróleo do pré-sal abre horizontes

A estatal brasileira já contratou um total de 32 FPSOs – um recorde na indústria do petróleo
A Petrobras construirá 15 navios-plataforma FPSO (Sistema Flutuante de Produção, Armazenamento e Transferência de Petróleo) nos próximos cinco anos. Dez delas serão instaladas no pré-sal e cinco no pós-sal.

Segundo Bordieri, a empresa já contratou um total de 32 FPSOs em sua história recente, um recorde na indústria do petróleo. Hoje, a Petrobras é a líder global em operações de FPSO e a empresa que instalará o maior número de plataformas desse tipo nos próximos cinco anos, gerando valor para nossos stakeholders, disse Bordieri.

Novo petróleo do pré-sal abre horizontes

Outro destaque da apresentação foi a redução significativa do tempo de construção dos poços em Vorsalz mantendo a segurança operacional. Entre 2018 e 2021, a empresa reduziu esse prazo de 100 dias para uma média inferior a 70 dias.

A Petrobras planeja intensificar esses esforços e até 2024 atingir uma redução de 14% nesse período com a contribuição de seu programa de eficiência de perfuração e completação e o uso de novos modelos de configuração de poços, mais rápidos e otimizados.

Novo petróleo do pré-sal abre horizontes

Qualquer redução na o tempo de construção do poço equivale à manutenção da segurança operacional, redução de custos aliada ao valor agregado. Para se ter uma ideia, a atividade de poços responde por cerca de 30% dos investimentos em exploração e produção.

Por isso, nesta atividade buscamos os melhores resultados mantendo a segurança e otimizando a configuração dos poços da forma mais rápida e eficiente possível, sempre de acordo com as melhores práticas de segurança do setor, conclui.

 

Veja mais artigos como esse:

You May Also Like