Pagamento do Auxílio Brasil não caiu na sua conta? O que fazer?

Não recebi o pagamento do Auxílio Brasil em junho; O que fazer?
Veja o que fazer caso não tenha recebido nenhum benefício este mês

Os beneficiários já podem acessar os dados atualizados do Auxílio Brasil de junho por meio do aplicativo oficial, divulgado pela Secretaria de Cidadania. Isso permite que esses cidadãos verifiquem se estão na folha de pagamento dos programas sociais daquele mês.

Anuncios

O que fazer se eu não for selecionado para pagamentos?

Segundo a Secretaria de Cidadania, você não é ter que fazer nada se não for selecionado para o pagamento, nem mesmo se inscrever para receber o benefício. As inscrições que foram válidas para a seleção de junho também serão analisadas em julho e nos meses seguintes. Dessa forma, o cidadão não deve se preocupar com sua inscrição.

A maioria dos casos em que o cidadão não recebe o Auxílio Brasil é porque não há mais vagas disponíveis no programa.

Quem é elegíveis para ajuda para o Brasil?

O Auxílio Brasil abrange famílias que possuem cadastro ativo e atualizado no CadÚnico e vivem em extrema pobreza (renda familiar mensal por pessoa até R$ 105,00). E também famílias em situação de pobreza (renda familiar mensal por pessoa entre R$ 105,01 e R$ 210,00) desde que tenham esposas grávidas ou menores de 21 anos.
Se o cidadão preencher todas as condições acima e se ainda não recebeu o Auxílio Brasil, terá que esperar os próximos meses para ter novas chances de ser selecionado. A Secretaria de Cidadania pode escolher novos beneficiários para integrar a folha de pagamento do Programa Social a cada novo pagamento.

Anuncios
Pagamento do Auxílio Brasil
Pagamento do Auxílio Brasil
fonte google

Aumento de Beneficiários em maio

Segundo a Secretaria de Cidadania, cerca de 40.000 cidadãos que pisaram em maio não entraram em nenhum beneficiários do Auxílio Brasil no programa.

No entanto, a inclusão desses novos beneficiários não foi suficiente para retirar a lista de espera. De acordo com a Associação Nacional dos Municípios (CNM), mais de 1 milhão de brasileiros aguardam para participar do programa social.

Por isso, cabe destacar que, mesmo que mais pessoas sejam selecionadas pelo programa, haverá não será suficiente para reduzir a zero a lista de espera nos próximos meses, pois não há espaço no orçamento para acomodar novos beneficiários.

You May Also Like